quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Quero sempre levar nos olhos e na alma...


Sim, quero levar nos olhos e na alma, a capacidade dos angolanos de dar a volta por cima, de reconstruir e acreditar em dias melhores, sempre!

Um comentário:

Marcela disse...

um tempo em Angola... e infinitas experiências, descobertas, reflexões, mudanças! Obrigada tia por compartilhar conosco! Saudades de você, e de toda sua alegria e força, mas sei que estão sendo usadas numa linda contribuição humana! Beijos da sobrinha e fã que te ama!