terça-feira, 27 de outubro de 2009

Aprendizagens profundas para toda VIDA!!!

O dia de hoje foi muito intenso, profundo...não tem como sair intacta desta experiência. Tivemos um contato com o responsável de saúde e responsabilidade social... através de uma cortina de poeira, que era como uma bolha suspensa no ar, fomos entrando em contato com os dados de saúde do país. Assustador!!!!Doenças por baixa imunidade, doenças consequências das crenças e culturas de um povo (circuncisão que gera tétano, mutilação feminina que provoca mortes) ... isso exige romper com muitos dos conceitos que construimos sobre a transmissão da AIDS, HPV, cólera, malária e outras doenças. A grande maioria de contaminadas são as crianças e as mulheres, que sofrem pela cultura do país. 88% das crianças infectadas pela SIDA, no mundo estão na África, só em uma praça de Luanda tem 282 pontos de prostituição. Como orientar? O que fazer? Por onde começar? Como comunicar a uma mulher que ela não deve amamentar? O que dizer? Imaginem que Angola ainda foi "protegida" pela guerra, que fechou as fronteiras. No resto do continente a realidade é muito mais desafiadora!
O primeiro passo foi ter dados seguros e a empresa resolve identificar estes dados na própria organização. Abre um Centro de Aconselhamento voluntário e testagem, identifica uma realidade, forma agentes educadores e multiplicadores, acredita na força da palavra, da educação, do valor e do significado da informação. TEM UM LÍDER!!!!! E que líder! É alguém longe daquelas pessoas que se escondem de si mesmas e para o mundo... que tem uma cara para o dia e outra para a noite... Essa experiência é para mim um convite para ir fundo em si mesma, para romper com a vida previsível, intacta, igual e acreditar que é possível fazer a diferença... simplesmente deixar muito do que já passou para trás, ser desafiada e construir sempre novos começos, que podem significar VIDA BEM VIVIDA!!!!!

3 comentários:

Daniele disse...

E nós aqui...no nosso mundinho, achando que estamos tão distantes, quando, na verdade, parafraseando tia Jú, "Angola também é aqui!". :/

g disse...

Oi Lila
Demorei um pouco para comentar no seu blog, mas estou sempre acompanhando e com já te disse , muito orgulhosa.
Lila , várias vezes já me emocionei ao ler a realidade retratada pela lente dos seus olhos.Realidade que sabemos que existe e vivenciamos também no nosso dia a dia, porém a impressão que temos em seus relatos é que ai é um verdadeiro turbilhão.
Irmã querida, estou sentindo muito a sua falta, afinal de contas, sempre fomos grandes companheiras.
Saudades, te amo muito .
bjs Neda

Marilia Dourado disse...

Vocês não podem imaginar o quanto me emcionam com estes comentários! Obrigada SENHOR! É uma maravilha ter uma família tão especial!